Ruas são pontos de referência no comércio joseense

9 de outubro de 2009

Matéria feita para o jornal Vale Repórter

Por Mayara Barbosa

Pólos comerciais, característicos das grandes cidades do País, facilitam a vida dos consumidores na região

Seguindo a tendência das grandes capitais, especialmente São Paulo, São José dos Campos possui, hoje, ruas especializadas em determinados tipos de comércio.

Como a maioria das pessoas gosta de praticidade e agilidade ao sair à procura de algo que necessita; esses locais facilitam a vida dos consumidores, pois, por abrigarem diversas lojas do mesmo segmento, possibilitam que eles direcionem melhor suas compras, poupando tempo e estresse na hora da pesquisa pelos melhores preços.

Ao andar pela cidade, percebe-se que é no Centro que encontramos a maioria desses pólos comerciais. Um deles é a Rua Paraibana largamente conhecida não só pelos joseenses, mas também em outras cidades próximas.

O local concentra aproximadamente dez lojas de materiais elétricos e de peças automotivas.  “Essas ruas facilitam a vida do consumidor, pois sempre encontro o que preciso”, afirma Simone Souza Neves, estudante, que acabava de adquirir um produto em um desses estabelecimentos.
Outros locais na zona central também são muito conhecidos pela população, como há a Rua Rubião Junior que se tornou referência quando o assunto é equipamentos eletrônicos de som e vídeo, a Rua Humaitá, onde a população tem a disposição uma variedade de lojas de móveis usados e brechós de roupas, e a Rua Vilaça que é o lugar mais indicado para os que procuram vidraçarias e estabelecimentos especializados na venda de produtos, como lustres, luminárias e abajur. E para quem precisa resolver problemas burocráticos pode dirigir-se a Rua Coronel José Monteiro que possui três cartórios.

Também no Centro do município, encontramos a Rua 15 de novembro conhecida por abrigar seis grandes magazines de eletrodomésticos e móveis.  No entanto, nem sempre essa foi a realidade, já que há alguns anos, o local era considerado como a “rua dos bancos”, pois concentrava diversas agências, mas por medidas de segurança a concentração foi desfeita.

E como é fácil de imaginar, toda essa proximidade entre lojas do mesmo segmento gera uma forte concorrência, especialmente na rua dos grandes magazines, criando uma verdadeira guerra de promoções e de anúncios de ofertas, sem falar da grande sujeira nas ruas ocasionada pela distribuição de panfletos promocionais.

Outro exemplo de comércio especializado no centro é a Rua Francisco Raphael. O endereço possui diversas floriculturas. Ao todo são sete estabelecimentos espalhados em, aproximadamente, 200 metros.
Essa configuração começou no passado e deu-se pelo fato de ali também se localizar o cemitério mais antigo da cidade. No entanto, atualmente, o local se estabeleceu como um comércio de flores em geral, vendendo flores e arranjos de todos os tipos. “A vantagem dessa concentração é que a rua já se torna uma referência”, afirma Maria Aparecida de Souza César, funcionária de uma floricultura.

E ao contrário da concorrência característica da “rua dos magazines”, na “rua das floriculturas” ocorre algo muito interessante entre os comerciantes: a cumplicidade. Devido à proximidade, proprietários e funcionários acabaram construindo laços de amizade e cooperação. “Aqui todos são amigos e emprestamos uns aos outros o que for”, ressalta Maria. “Atendemos sempre a necessidade do outro. O importante é satisfazer o cliente”, completa Vanessa Araki, proprietária de uma floricultura.

Já Avenida Nelson D’ Avila, um ponto de referência no município, era conhecida por abrigar diversas casas de móveis. No entanto, por enfrentar problemas com a presença de moradores de ruas e garotas de programa vem perdendo destaque. Hoje, ela possui, em um de seus trechos, cinco centros automotivos especializados em reparos para carros. E há, ainda, um pólo comercial que ficou presente apenas na memória dos joseenses. Esse local é Rua Siqueira Campos que, no passado, era conhecida como “a rua dos libaneses”. No endereço, havia diversas lojas de tecidos.

Ainda no Centro de São José dos Campos, encontramos a Rua 7 de setembro. Conhecida e visitada por pessoas de outras cidades, é nela que se localizam as lojas do comércio popular. “Eu encontro aqui uma variedade de produtos maior e, além disso, o preço também faz a diferença”, analisa o consumidor Eduardo Ferraz Moral, que mora em São Sebastião, Litoral Norte, e visita São José dos Campos cerca de quatro vezes por ano para fazer compras. 

Fora da área central da cidade, encontramos mais dois pólos comerciais. Um deles é a Avenida Andrômeda que fica no bairro Jardim Satélite, zona sul do município. O endereço concentra uma grande quantidade de lojas de veículos, atraindo consumidores de toda a região. O outro é a Rua Serimbura que fica no bairro Vila Ema, zona nobre da cidade. Esse local é conhecido por abrigar uma grande quantidade de bares e restaurantes, atraindo jovens e adultos interessados em se divertir. Também é nesse bairro, um dos mais antigos de São José dos Campos, que se localizam diversas lojas de grifes e boutiques.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: